Você está em: home / Educação / Minas Gerais tem o maior número de inscritos do país em Enem para jovens do socioeducativo

Minas Gerais tem o maior número de inscritos do país em Enem para jovens do socioeducativo

doacaofpas155-850x3581
Entre na nossa página, CLIQUE AQUI e faça a sua doação

Foto: Omar Freire/  Imprensa MG (19/05/15)

Foto: Omar Freire/ Imprensa MG (19/05/15)

09/12/2016- Belo Horizonte- MG, Brasil- Minas Gerais é o estado com o maior número de jovens cumprindo medida socioeducativa inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL), proporcionalmente ao número de internos. Farão as provas deste ano, na próxima terça (13/12) e quarta-feira (14/12), 497 adolescentes em conflito com a lei, o que representa um quarto da população socioeducativa. Os números são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame. São Paulo fica com o segundo lugar, na avaliação proporcional, com 14,8%.

Foto: Omar Freire/  Imprensa MG (19/05/15)

Foto: Omar Freire/ Imprensa MG (19/05/15)

09/12/2016- Belo Horizonte- MG, Brasil- Quando se leva em consideração os jovens aptos para o exame, seja para entrada no ensino superior ou certificação no ensino médio, esse percentual chega a 88% do total de adolescentes sob a tutela da Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (Suase), da Secretaria de Segurança Pública (Sesp). Além da liderança no ranking nacional, Minas Gerais também contabilizou um aumento de 46% no número de inscritos, em relação a 2015, quando 340 adolescentes participaram da prova. Comparado a 2014, o aumento ultrapassa os 140%. Os jovens estão distribuídos em 19 centros socioeducativos, de todas as regiões do estado.

Foto: Marcelo Sant Anna/ Imprensa MG (02/07/2015)

Foto: Marcelo Sant Anna/ Imprensa MG (02/07/2015)

09/12/2016- Belo Horizonte- MG, Brasil- Para o subsecretário de Atendimento Socioeducativo, Danilo Emanuel Salas, esse resultado “ratifica o esforço do Governo mineiro em implementar uma política que interrompa a trajetória infracional e dê condições não apenas de educação, mas também de cidadania”. Além do acesso ao ensino superior, os resultados do Enem PPL também podem ser usados para que os candidatos recebam o certificado de conclusão do ensino médio. O requisito, nesse caso, é atingir um mínimo de 450 pontos em cada uma das provas objetivas e obter pelo menos 500 pontos na redação.

Foto: Marcelo Sant Anna/ Imprensa MG (02/07/2015)

Foto: Marcelo Sant Anna/ Imprensa MG (02/07/2015)

09/12/2016- Belo Horizonte- MG, Brasil- O adolescente L.A.C fez a prova em 2015 e com a nota conquistou uma vaga no curso de Farmácia da Univale, com bolsas de estudos. O jovem continua cumprindo medida, mas a sua condição de privação de liberdade não foi empecilho para que pudesse dar início à graduação. Com o apoio da direção da unidade e do Poder Judiciário, ele já é um estudante do ensino superior. O mesmo aconteceu com G.O.C. O resultado do exame de 2015 foi suficiente para que ele conquistasse uma vaga no curso de Direito da Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce. Ao longo do ano, o jovem foi desligado da medida socioeducativa e, segundo a direção da unidade, segue frequentando as aulas juntamente com os novos colegas do curso de Direito.

 

Galerias Relacionadas

Oferecimento:

anunciante Pirelli
Pesquisa Pirelli

Assine gratuitamente nossa newsletter

e receba uma pauta diária com as principais fotos do dia para download gratuito. Essa é a filosofia do Fotos Públicas!

Verifique o email que você cadastrou...