15ª Festa Literária Internacional de Paraty Flip: Em nome da mãe – Scholastique Mukasonga

Projeto da Escola Municipal Lélis Piedade leva alunos a uma viagem no tempo, na Bahia
28 de julho de 2017
Procon realiza fiscalização sobre cobrança de bagagens
28 de julho de 2017
692
Compartilhe

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 - Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto. Mediação: Anabela Mota Ribeiro Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro

27/07/2017- Paraty- Flip Festa Literária, Mesa 6 – Em nome da mãe, Noemi Jaffe, Scholastique Mukasonga
Histórias de guerras e de sobrevivência, de invenções e reconstruções artísticas a partir do ponto de vista feminino, no encontro entre uma brasileira filha de uma sobrevivente de Auschwitz e de uma ruandesa tutsi que perdeu a família no genocídio e é influenciada pela literatura do holocausto.
Mediação: Anabela Mota Ribeiro
Foto: Walter Craveiro