200 quilos de “Limãozinho” uma espécie de maconha modificada apreendida pelo (Denarc) do Pará Duas pessoas foram presas em flagrante

Um avião caiu pouco depois de decolar no aeroporto internacional José Martí, em Havana
19 de maio de 2018
A tradicional Festa do Divino Espírito Santo, em Planaltina, reuniu cerca de 15 mil pessoas neste sábado
19 de maio de 2018
1617
Compartilhe

MOSQUEIRO – PARÁ 19 05 2018 Uma operação realizada por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) resultou, na noite de ontem, na apreensão de cerca de 200 quilos de “limãozinho”, uma espécie de maconha modificada em laboratório para ter o efeito alucinógeno mais forte que a maconha comum. A apreensão foi realizada no trevo de acesso ao balneário de Mosqueiro, em Belém. A carga, que estava dentro escondida no motor de um caminhão do tipo baú e dentro de um carro de passeio, veio de Goiânia (GO) e seria distribuída na Ilha de Mosqueiro e na cidade de Benevides, na Região Metropolitana de Belém. Duas pessoas foram presas em flagrante. Cleiton Silva Santos e Ludivico Freire eram os condutores de cada um dos veículos apreendidos. Uma terceira pessoa fugiu do local, mas já foi identificada. Segundo o delegado Hennison Jacob, titular da Denarc, informações repassadas via fone 181, o Disque Denúncia, levaram a equipe policial a investigar o esquema de tráfico interestadual de drogas.FOTO: ASCOM / POLÍCIA CIVIL

ASCOM / POLÍCIA CIVIL