A primeira-ministra Theresa May, no Instituto McCain no Inner Temple London, para receber um prêmio por seu trabalho sobre a escravidão moderna