Estudante Yanomami, de 15 anos, morreu em Brasília por complicações da infecção no pulmão devido à doença Covid-19

PCR constrói hospital de campanha maior que o Hospital da Mulher, em 20 dias.
10 de abril de 2020
Nicolas Maduro presidente venezuelano fala com o presidente Xi Jinping
10 de abril de 2020
243
Compartilhe

Roraima 10 04 2020 A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, informou na noite desta quinta-feira (9) que o estudante Yanomami, de 15 anos, morreu às 20 horas (21 em Brasília) por complicações da infecção no pulmão devido à doença Covid-19.À agência Amazônia Real, a Sesai disse que a “causa mortis ainda não foi informada pelo Hospital Geral de Roraima”, onde o jovem estava internado desde o dia 3 de abril. O hospital é dirigido pelo governo do estado.O médico infectologista Joel Gonzaga, da Sesai, afirmou à reportagem que o quadro de saúde do estudante se agravou “com o comprometimento cerebral, tromboembolismo e complicações da resposta inflamatória do vírus”.(Foto: Terra Indígena Yanomami/Leonardo Prado/PG/FotosPúblicas/2015)

(Foto: Terra Indígena Yanomami/Leonardo Prado/PG/FotosPúblicas/2015)

(Foto: Terra Indígena Yanomami/Leonardo Prado/PG/FotosPúblicas/2015)