Açailândia (MA), resultou na apreensão pelos agentes do Ibama de 14.233 dormentes de madeira nativa

Gen, Arthur “Joe” Logan, ajudante geral da Guarda Nacional do Havaí, analisa os esforços de suporte de fluxo de lavras no vulcão Kilauea em erupção no Hawaí
7 de maio de 2018
Competição de Melhor Guerreiro no estado de Utah em Camp Williams, Utah,
7 de maio de 2018
910
Compartilhe

Brasília – Inspeção realizada pelo Ibama em pátio da Estrada de Ferro Carajás, em Açailândia (MA), resultou na apreensão de 14.233 dormentes de madeira nativa, descritos em notas fiscais como peças de eucalipto, que seriam usados para a fixação dos trilhos em obras de manutenção da via. Os agentes ambientais aplicaram auto de infração no valor de R$ 4,3 milhões contra a empresa responsável por manter em depósito a madeira nativa sem licença válida. O recebimento de novos dormentes foi embargado até que o estabelecimento esteja regularizado no sistema do Documento de Origem Florestal (DOF) foto IBAMA

IBAMA

IBAMA