Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões no Amazonas

Manifestantes protestam contra a reforma trabalhista, em Brasilia
11 de julho de 2017
Michel Temer na Cerimônia de Lançamento do Programa Nacional de Regularização Fundiária
11 de julho de 2017
656
Compartilhe

Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral. Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM


Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM


Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM


Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Foto Policia Civil AM

Foto Policia Civil AM

Foto Policia Civil AM

Foto Policia Civil AM