Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões no Amazonas

    39
    Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM

    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM
    Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM
    Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 10, no Porto de Beruri, município distante 173 quilômetros em linha reta da capital. Com o trio os policiais apreenderam uma tonelada de drogas, avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre.
    Idelberto Mafra, 61; Osmar Silva Bastos, 56, e Carlos Cesar Costa Dias, 49, foram presos por volta das 17h30, no momento em que a embarcação em que eles estavam atracou no Porto de Beruri. O trio, juntamente com o material apreendido durante a ação, foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 11, às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.
    Conforme a delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Denarc, as investigações em torno do caso iniciaram há seis meses, pelos servidores da Seai, e ocorreram em parceria com as equipes do Denarc. A delegada explicou que na manhã de ontem, por volta das 10h, os policiais montaram campana nas proximidades onde ocorreu o flagrante e passaram a monitorar o lugar. No momento em que avistaram o barco Capitão Jonatas, em que os infratores estavam, efetuaram a abordagem. A autoridade policial informou como a ação foi deflagrada. Foto Policia Civil AM
    Ação conjunta resulta na apreensão de 1 t de drogas avaliada em R$ 7 milhões, além de armas e munições de grosso calibre. Três homens foram presos, em flagrante, durante ação conjunta envolvendo policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu) e servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Foto Policia Civil AM
    Foto Policia Civil AM
    Foto Policia Civil AM
    Foto Policia Civil AM