Acordo de indenização a trabalhadores da Volkswagen perseguidos na ditadura

302

Em atividade história realizada no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ex-trabalhadores na Volkswagen e representantes legais tomaram conhecimento dos detalhes do acordo assinado pela montadora que assumiu o compromisso de destinar R$ 36,3 milhões a ex-trabalhadores da empresa presos, perseguidos ou torturados durante o regime militar (1964-1985) e a iniciativas de promoção de direitos humanos.
Fotos: Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC

Adonis Guerra/SMABC