Aedes aegypti: neste verão, saiba como combater os focos do mosquito 90% dos criadouros estão nas casas; faça uma varredura no seu imóvel e preste atenção, por exemplo, em vasos, pneus, lixos e outros

577 famílias de quatro bairros da Capital de São Paulo recebem suas moradias
23 de dezembro de 2017
A cidade de Belém já vive o clima das festas de final de ano. E em muito contribui para esse ar de festividade a decoração temática, com a iluminação colorida em vários pontos da capital paraense
23 de dezembro de 2017
634
Compartilhe

Você sabia que o Aedes aegypti gosta de água limpa? E é por isso que as casas são os principais criadouros de mosquitos.

Dados da Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo mostram que 90% dos focos estão nas residências, mais precisamente nos vasos de planta, vasos sanitários, piscinas de crianças, potes vazios e até tampinhas de garrafas.

A única ação efetiva capaz de evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya é fazer uma varredura em casa.

Por isso, confira as dicas:

– Encha os pratos dos vasos de plantas com areia até a borda;

– Troque a água e lave o vaso das plantas aquáticas com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana;

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre fechada;

– Caixas d’água também devem permanecer fechadas e todos os objetos que acumulam água, como embalagens usadas, devem ser jogados no lixo;

– Folhas e tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas também precisam ser removidos;

– Garrafas e recipientes que acumulam água devem ser sempre virados para baixo.

#SPContraoAedes

#OperaçãoVerãoSP

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho

Alexandre Carvalho