Alta qualidade e reconhecimento distinguem o café do Norte do Estado do Paraná

Polícia Federal anunciou, ontem, ter feito “a maior apreensão de madeira nativa da história do Brasil”.
23 de dezembro de 2020
Chamada de Natal da Tropa Virtual de Boris Johnson
23 de dezembro de 2020
57
Compartilhe

Londrina/PR 23 12 2020 O Norte do Paraná é a principal região produtora de café no Estado. Mesmo com a redução constante da área plantada, saem do Paraná cafés de altíssima qualidade, premiados e que são reconhecidos por apreciadores da bebida.

Dentro da série Feito no Paraná, que está apresentando produtos feitos no Estado, a reportagem de hoje trata sobre a produção cafeeira no norte paranaense. Está instalada na região a Fazenda Palmeira, uma das mais antigas produtoras de café no Paraná.

Localizada em Santa Mariana, a fazenda é gerida por Cornélia Gamerschlag e seu marido, Norbert. Ela conta que tudo começou com seu avô, um suíço que desistiu da carreira de industrial para se aventurar na produção de café no Brasil. Num primeiro momento, ele se estabeleceu no estado de São Paulo. Mas em 1942 comprou terras no Noroeste do Paraná e implantou a lavoura de café. “Somos a terceira geração tocando o negócio da família. São 180 hectares, o que gera uma produção anual média de 3,5 mil sacas do grão”, . Foto: José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr

José Fernando Ogura/ANPr