Assembléia do Rio ignora protestos e vota pela libertação de deputados presos

Manifestantes pedem manutenção da prisão de Jorge Picciani, no Rio de Janeiro
17 de novembro de 2017
Protesto e Ação Policial na tarde desta sexta durante transferência dos homens que violentaram e mataram a menor J.V de 9 anos de idade
17 de novembro de 2017
440
Compartilhe

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Protesto pede manutenção das prisões do presidente da Alerj, Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB (Fernando Frazão/Agência Brasil)