Audiência pública no Conselho Nacional de Justiça

Bahia realiza ação promocional com 25 mil pessoas na Avenida Paulista
11 de dezembro de 2017
XV Festival de Musica Educadora FM Bahia, Show da cantora Elza Soares com participação de Larissa Luz,na Concha Acústica do TCA
11 de dezembro de 2017
460
Compartilhe
11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

11/12/2017- Brasília – A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, durante audiência pública para discuti a prestação jurisdicional em ações relativas a serviços de saúde Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil