Australiano é primeiro condenado por pedofilia graças a menina virtual

Foto: Caio Reisewitz
Fotográfo Caio Reisewitz expõe Jaraguá na Casa da Imagem
22 de outubro de 2014
Foto: Letícia Ramos
Letícia Ramos vence o mais importante prêmio de fotografia português e expõe Tomie Ohtake
22 de outubro de 2014
665
Compartilhe

Foto: ONG / Terre des Hommes

Foto: ONG / Terre des Hommes

Foto: ONG / Terre des Hommes

22/10/2014 – Um pedófilo australiano preso graças a uma menina virtual criada por uma ONG para localizar criminosos sexuais que atuam na internet se converteu no primeiro condenado graças a esta iniciativa, informou a organização nesta quarta-feira, 22. Na foto: Pesquisador da Terre des Hommes faz demonstração ao acessar sala de bate-papo com a personagem Sweetie.

Foto: ONG / Terre des Hommes

Foto: ONG / Terre des Hommes

O australiano Scott Robert Hansen, de 37 anos, foi condenado a um ano de prisão por manter conversas obscenas com crianças via internet. Hansen foi pego por meio de Sweetie, uma garota virtual filipina de 9 anos de idade. Na foto: Sweetie, menina virtual criada pela organização holandesa Terre de Hommes para acessar salas de bate-papo, e identificar possíveis pedófilos.

Foto: ONG / Terre des Hommes

Foto: ONG / Terre des Hommes

Na foto: Sweetie, menina virtual criada pela organização holandesa Terre de Hommes para acessar salas de bate-papo, e identificar possíveis pedófilos.