Batalhão de Polícia Fluvial, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), apreendeu,  duas balsas com cerca de 1.500 m³ de madeira

foto Pozzebom/agencia Brasil)
O ex-presidente da camara dos Deputados Eduardo Cunha  chega na capital para depor no processo em que é acusado desvio do FGTS
16 de setembro de 2017
FOTO: ASCOM / COSANPA
Estiagem no rio Tocantins (PA) pode provocar racionamento de agua em Marabá.
16 de setembro de 2017
757
Compartilhe
FOTO: ASCOM / SEMAS

BARCARENA - PARÁ Brasil 16 09 2017 Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Barcarena e o Batalhão de Polícia Fluvial, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), apreendeu, duas balsas com cerca de 1.500 m³ de madeira em tora, de várias espécies. A ação, realizada em Barcarena, detectou que as balsas estavam sem guia de transporte, autorização ou nota fiscal. Coordenada pela Diretoria de Fiscalização (Difisc) da Semas, em conjunto com os outros dois órgãos, a apreensão fortalece o exercício da integração das ações entre o estado e o município, um dos principais focos da secretaria. A destinação da madeira ilegal apreendida tem o rito de três formas: alienação por meio de leilão, doação ou destruição. FOTO: ASCOM / SEMAS BARCARENA - PARÁ

BARCARENA – PARÁ Brasil 16 09 2017 Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Barcarena e o

FOTO: ASCOM / SEMAS

Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Barcarena e o Batalhão de Polícia Fluvial, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), apreendeu, nesta sexta-feira, 15, duas balsas com cerca de 1.500 m³ de madeira em tora, de várias espécies. A ação, realizada em Barcarena, detectou que as balsas estavam sem guia de transporte, autorização ou nota fiscal. Coordenada pela Diretoria de Fiscalização (Difisc) da Semas, em conjunto com os outros dois órgãos, a apreensão fortalece o exercício da integração das ações entre o estado e o município, um dos principais focos da secretaria. A destinação da madeira ilegal apreendida tem o rito de três formas: alienação por meio de leilão, doação ou destruição.
FOTO: ASCOM / SEMAS
DATA: 15.09.2017
BARCARENA – PARÁ

FOTO: ASCOM / SEMAS

BARCARENA – PARÁ Brasil 16 09 2017 Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Barcarena e o Batalhão de Polícia Fluvial, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), apreendeu, duas balsas com cerca de 1.500 m³ de madeira em tora, de várias espécies. A ação, realizada em Barcarena, detectou que as balsas estavam sem guia de transporte, autorização ou nota fiscal. Coordenada pela Diretoria de Fiscalização (Difisc) da Semas, em conjunto com os outros dois órgãos, a apreensão fortalece o exercício da integração das ações entre o estado e o município, um dos principais focos da secretaria. A destinação da madeira ilegal apreendida tem o rito de três formas: alienação por meio de leilão, doação ou destruição.
FOTO: ASCOM / SEMAS
BARCARENA – PARÁ

em tora, de várias espécies. A ação, realizada em Barcarena, detectou que as balsas estavam sem guia de transporte, autorização ou nota fiscal. Coordenada pela Diretoria de Fiscalização (Difisc) da Semas, em conjunto com os outros dois órgãos, a apreensão fortalece o exercício da integração das ações entre o estado e o município, um dos principais focos da secretaria. A destinação da madeira ilegal apreendida tem o rito de três formas: alienação por meio de leilão, doação ou destruição.

FOTO: ASCOM / SEMAS
BARCARENA – PARÁ