Berlusconi durante votação na itália