Brasil vence a Turquia por 3 sets a 2, pelo Mundial de Vôlei Feminino, na Itália

Foto: Valdecir Galor/ SMCS
Em Curitiba, doadores aderem ao Casamento Vermelho e procuram bancos de sangue da cidade
27 de setembro de 2014
Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro
Clube Atlético Mineiro realizou o 5º encontro de ex-atletas do clube, em Belo Horizonte
27 de setembro de 2014
648
Compartilhe
Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste- Itália- Depois de três jogos e três vitórias por 3 sets a 0 sobre Bulgária, Camarões e Canadá, a seleção brasileira feminina de vôlei enfrenta, nesse momento, a Turquia, no Palatrieste, em Trieste, na Itália, pelo Campeonato Mundial. O time verde e amarelo luta por um título inédito.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste-  A Turquia começou melhor e fez 8/2. Bem nos ataques e no saque, as turcas foram para a segunda parada técnica com seis de vantagem (16/10). Quando o placar estava 19/12, o treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Fabíola e Tandara e saíram Sheilla e Dani Lins. Mesmo com as mudanças, as europeias seguiram melhores e venceram o primeiro set por 25/17.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste- As turcas seguiram melhores no segundo set e fizeram 5/2. O treinador José Roberto Guimarães trocou as ponteiras. Entrou Gabi e saiu Fê Garay. Com um ponto de bloqueio, as brasileiras encostaram (7/6). Numa boa sequência de saques da ponteira Jaqueline, o time verde e amarelo virou o marcador (10/8).

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste-  A Turquia voltou a sacar e atacar com eficiência e fez 17/14. O técnico brasileiro pediu tempo. Novamente quando Jaqueline foi para o saque, o Brasil, mais uma vez, passou a liderar o marcador (21/18). Com uma boa sequência de saques da levantadora Naz, a Turquia fez quatro pontos seguidos (22/21). O time turco manteve a vantagem no final da parcial e venceu o segundo set por 25/22.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste-  O Brasil voltou melhor para o terceiro set e fez 5/2. Bem no saque no bloqueio, o time verde e amarelo abriu oito (12/4). Com um erro da Turquia, as atuais campeãs olímpicas foram para o segundo tempo técnico com nove de vantagem (16/7). As brasileiras seguraram a reação turca no final da parcial e venceram o terceiro set por 25/19.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste-  O quarto começou equilibrado. A ponteira turca Ozsoy conseguiu dois bons saques e as europeias abriram no placar (7/5). Com dois pontos seguidos de bloqueio, o time verde e amarelo virou o marcador (12/11). O set ficou disputado ponto a ponto. Quando a Turquia fez 19/18, o técnico José Roberto Guimrães pediu tempo e inverteu o cinco e um. Entraram Fabíola e Tandara e saíram Sheilla e Dani Lins. A substituição fez bem ao Brasil que venceu o quarto set por 25/21.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

27/09/2014- Trieste- Itália- O Brasil fez os dois primeiros pontos do tie-break. O saque turco voltou a funcionar e as europeias abriram três (8/5). O treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram, mais uma vez, Fabíola e Tandara e saíram Sheilla e Dani Lins. A substituição fez bem as brasileiras que viraram o marcador (10/8). O Brasil segurou a vantagem até o final e venceu o quinto set por 15/10 e o jogo por 3 sets a 2.

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB

Foto: Dino Panato/ FIVB