Bruxelas – Manifestação em apoio ao campo de refugiados de Moria, na ilha de Lesbos, Grécia

Perito Criminal em ação de combate a incêndio florestal no estado do Mato Grosso para avaliar responsabilidades
17 de setembro de 2020
EUA – Estradas do estado do Oregon interditadas devido aos incêndios na região
17 de setembro de 2020
138
Compartilhe

Nove eurodeputados do GUE / NGL estão a caminho da ilha grega de Lesbos, onde se encontrarão com requerentes de asilo que ficaram sem abrigo após o devastador incêndio da semana passada, em Moria.

Mais de 12.000 pessoas moravam em Moria na época do desastre de 8 de setembro, e todas foram deixadas dormindo ao ar livre.

Embora vários Estados membros da UE tenham anunciado planos para realocar e receber vários requerentes de asilo desde o incêndio, outros milhares continuam presos com o governo grego determinado a realocá-los em um novo campo.

Na sexta-feira, dia 18, os eurodeputados verão por si próprios o que resta de Moria e visitarão a clínica gerida por Médicos sem Fronteiras, seguida de uma visita ao novo campo de Kara Tepe, onde o ACNUR apresentará à delegação um panorama da situação .

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL

GUE/NGL