Caso Ronaldinho (Gaúcho) – delegado do Anti sequestro do Paraguai, Federico Delfino, em entrevista coletiva

Cortejo do Bombeiro que morreu tentando salvar mãe e bebê no Guarujá
5 de março de 2020
Paris – Manifestação em defesa do serviço público de ensino superior e pesquisa
5 de março de 2020
429
Compartilhe

Assunção Paraguai 05 03 2020-Ronaldinho e seu irmão entraram no país na quarta-feira às 09:05 em um vôo comercial pelo aeroporto internacional Silvio Petirossi. Eles usaram um “passaporte autêntico paraguaio, mas com conteúdo falso ”, disse o agente fiscal delegado do Antisequestro, Federico Delfino, em entrevista coletiva realizada quinta-feira na sede central da Procuradoria Geral do Estado. Nesse sentido, investiga o fato punível do uso de documentos públicos de conteúdo falso. Ronaldo de Assis Moreira, conhecido como “Ronaldinho” e seu irmão Roberto, comparecem esta manhã à Unidade Especializada Contra o Crime Organizado da Promotoria. Da mesma forma, o cidadão brasileiro identificado como Wilmondes Sousa Lira (45), preso ontem à noite, após a busca policial. foto MP Paraguai

MP Paraguai