Seleção brasileira conquista o ouro no rúgbi feminino nos Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018, na Bolívia
30 de maio de 2018
As Polícias do Exército e Rodoviária Federal reforçam a segurança na entrada da Refinaria Duque de Caxias (Reduc)
30 de maio de 2018
390
Compartilhe

O presidente Juan Manuel Santos assinou a adesão da Colômbia à convenção da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
O evento aconteceu na sede da organização, juntamente com o secretário geral Ángel Gurría, e na presença do presidente da França, Emmanuel Macron.
O país se torna o trigésimo sétimo membro da OCDE, a organização mais importante do mundo que promove a implementação das melhores práticas de políticas públicas.

"Eu vim para Estrasburgo, para a sede do Parlamento Europeu, para compartilhar com vocês a realidade da Colômbia e para agradecer de coração seu apoio ao nosso presente e nosso futuro", disse o presidente Santos à agência. Estrasburgo, França – quarta-feira, 30 de maio de 2018 Foto: Juan David Tena – SIG

O plenário do Parlamento Europeu recebeu na quarta-feira o presidente da Colômbia em Estrasburgo (França). O Presidente indicou que, diante do fracasso do combate às drogas, é urgente repensar a estratégia. Estrasburgo, França – quarta-feira, 30 de maio de 2018 Foto: Juan David Tena – SIG

Presidente Juan Manuel Santos oferece uma declaração na presença do Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, após seu discurso perante o plenário da instituição. Estrasburgo, França – quarta-feira, 30 de maio de 2018 Foto: Juan David Tena – SIG

Breve diálogo entre o presidente Juan Manuel Santos e seu colega francês, Emanuel Macron. Paris, França – quarta-feira, 30 de maio de 2018 Foto: Juan David Tena – SIG

Os presidentes da Colômbia, da França e da Lituânia e o secretário-geral da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, em Paris, França. Paris, França – quarta-feira, 30 de maio de 2018 Foto: Juan David Tena – SIG

Cerimónia de assinatura do acordo de adesão com a Lituânia e a Colômbia Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia e Dalia Grybauskaité, presidente da Lituânia OCDE, Paris, França OCDE / Hubert Raguet