Com projeto Vida Ativa, Pará completa 15 anos promovendo saúde para a terceira idade

Foto: Andrés Valle/ Presidência Perú
O governo da Colômbia e as FARC assinam o acordo de paz, em Cartagena
26 de setembro de 2016
Foto: Elza Fiuza/ Agência Brasil
A ministra Cármen Lúcia preside a primeira reunião do Conselho Nacional de Justiça depois que assumiu a presidência do STF
27 de setembro de 2016
756
Compartilhe
Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

27/09/2016- Belém- PA, Brasil- São três da tarde e o sol está a pino: em plena terça-feira de setembro, de céu limpo, as águas azuis do complexo aquático do clube Tuna Luso Brasileira não poderiam estar mais convidativas. Pois é lá que uma animada turma de cinquentões, sessentões, setentões e até oitentões acaba de largar toalhas de banho e outros assessórios de lado. Em segundos estarão mergulhados na piscina, com suas toucas, trajes de banho e óculos de natação. Não fosse o que está posto frente aos olhos, poderia se dizer que se tratava de um grupo de crianças brincando: os sorrisos são largos e fáceis. As conversas paralelas, animadas. É um grande encontro de vida – simulado como cinquenta minutos sob o olhar atento da professora de hidroginástica.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

27/09/2016- Belém- PA, Brasil- Há 15 anos, é dessa forma que idosos e pessoas em idade acima dos 50 anos de todo o Pará vêm sendo convocados a encontrar mais saúde, bem-estar, sociabilidade e qualidade de vida em dezenas de oportunidades de atividades gratuitas, realizadas em vários núcleos mantidos pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do Pará (Seel). Desde 1999, o projeto Vida Ativa vem movimentando, a cada ano, cerca de 2.500 participantes, em idade madura, em várias modalidades de cursos e diversas programações esportivas e recreativas.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

27/09/2016- Belém- PA, Brasil- A ideia é mantida através de uma parceria duradoura com a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), que emite atestados de aptidão em saúde para que os interessados possam se inscrever, e a com a Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc), que cede professores de educação física para coordenar as atividades. E o projeto Vida Ativa foi criado justamente num ano-chave para a luta por direitos e qualidade de vida dos idosos brasileiros. Há exatos 15 anos, também no dia 27 de setembro de 1999, foi criado o Dia Nacional do Idoso.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

27/09/2016- Belém- PA, Brasil- A data, estabelecida pelo Congresso Nacional, surgiu para servir de referência nos debates e reflexões sobre a situação do idoso no País, bem como sobre o respeito aos seus direitos e também sobre as dificuldades de acesso a qualidade de vida, cuidados e cidadania. Porém, em outubro de 2003 foi aprovado o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741). Por isso, em 2006, outra lei (nº 11.433) transferiu o Dia do Idoso para 1º de outubro. E é por isso que, há 15 anos, a última semana entre o final de setembro e o início de outubro é sempre lembrada por dias de luta pela maturidade no Brasil.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará