Cometa passa raspando por Marte

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Procura por crédito pelas empresas cresce 6,6% em setembro
21 de outubro de 2014
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Inflação oficial fica em 0,48% na prévia de outubro
21 de outubro de 2014
649
Compartilhe
Foto: NASA/JPL-Caltech

Foto: NASA/JPL-Caltech

Foto: NASA/JPL-Caltech

Foto: NASA/JPL-Caltech

21/10/2014 – Um cometa do tamanho de uma pequena montanha passou raspando por Marte neste domingo, um encontro que acontece uma vez a cada milhão de anos. O cometa, conhecido como Siding Spring (C/2013 A1), chegou ao ponto mais próximo de marte às 18h27 deste domingo, passando pelo Planeta Vermelho a uma velocidade de 203.000 km/h. Ele ficou a uma distância de 139.500 km de Marte, menos da metade da distância entre a Terra e a Lua. Segundo cientistas, a passagem do cometa ofereceu uma oportunidade única de estudo do seu impacto sobre a atmosfera marciana. Na imagem:  Ilustração mostra sondas marcianas da NASA que se alinham atrás do planeta vermelho para protegê-los de poeira do cometa.

Foto: NASA/JPL-Caltech/University of Arizona

Foto: NASA/JPL-Caltech/University of Arizona

O cometa foi descoberto por Robert McNaught no observatório australiano Siding Spring, em janeiro de 2013. Acredita-se que ele tenha se originado bilhões de anos atrás, na Nuvem de Oort, uma região distante do espaço de onde partem cometas que “permanecem inalterados desde os primeiros dias do Sistema Solar”, segundo a Nasa. Na foto: Estas imagens foram tiradas do cometa C / 2013 A1 Siding Primavera, Mars Reconnaissance Orbiter, da NASA, em 19 de outubro de 2014 durante voo rasante do cometa de Marte e da nave espacial. Cometa Siding Primavera está em sua primeira viagem esta perto do sol a partir da Nuvem de Oort na parte exterior do sistema solar.