Congresso tem bate-boca e confusão entre base e oposição Presidente do Senado, Eunício Oliveira, que comanda a sessão

Imagens do míssil norte-coreano que sobrevoou o Japão
29 de agosto de 2017
Foto: Beto Barata/PR
A caminho da China Temer faz escala em Portugal
30 de agosto de 2017
632
Compartilhe

29 08 2017 Brasilia DF Brasil-Congresso tem bate-boca e confusão entre base e oposição Presidente do Senado, Eunício Oliveira, que comanda a sessão, baixou o nível e pediu aos senadores que protestavam para que baixassem o dedo porque não era “nega” deles. Houve bate-boca generalizado e sessão chegou a ficar suspensa. Aliados de Temer tentam limpar a pauta para votar mudança da meta de déficit fiscal até quinta-feira, dia 31, para evitar crime de responsabilidade fiscal.foto ANA LUIZA SOUSA

29 08 2017 Brasilia DF Brasil-

29 08 2017 Brasilia DF Brasil-Congresso tem bate-boca e confusão entre base e oposição Presidente do Senado, Eunício Oliveira, que comanda a sessão, baixou o nível e pediu aos senadores que protestavam para que baixassem o dedo porque não era “nega” deles. Houve bate-boca generalizado e sessão chegou a ficar suspensa. Aliados de Temer tentam limpar a pauta para votar mudança da meta de déficit fiscal até quinta-feira, dia 31, para evitar crime de responsabilidade fiscal.foto ANA LUIZA SOUSA

.foto ANA LUIZA SOUSA

29 08 2017 Brasilia DF Brasil-Congresso tem bate-boca e confusão entre base e oposição Presidente do Senado, Eunício Oliveira, que comanda a sessão, baixou o nível e pediu aos senadores que protestavam para que baixassem o dedo porque não era “nega” deles. Houve bate-boca generalizado e sessão chegou a ficar suspensa. Aliados de Temer tentam limpar a pauta para votar mudança da meta de déficit fiscal até quinta-feira, dia 31, para evitar crime de responsabilidade fiscal.foto ANA LUIZA SOUSA

, baixou o nível e pediu aos senadores que protestavam para que baixassem o dedo porque não era “nega” deles. Houve bate-boca generalizado e sessão chegou a ficar suspensa. Aliados de Temer tentam limpar a pauta para votar mudança da meta de déficit fiscal até quinta-feira, dia 31, para evitar crime de responsabilidade fiscal.foto ANA LUIZA SOUSA