Cooperativa de detentas passará a aceitar egressas do Sistema Penal, no Pará

Michel Temer instala escritório da presidência em Itu
15 de novembro de 2017
Coréia do Norte – Kin Jong Un visita fábrica de tratores
15 de novembro de 2017
467
Compartilhe
Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ

Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ

Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ

Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ

Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ

Estimular o espírito empreendedor é o objetivo da Associação Júnior Achievement Pará no trabalho desenvolvido com as detentas que integram a Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe). A cooperativa existe há quase quatro anos e funciona no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Mais de 250 internas custodiadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) já foram beneficiadas pela cooperativa. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 15.11.2017 BELÉM – PARÁ