Copel arremata leilão e vai investir R$ 589 milhões no Paraná

    621
    Foto: Agência de Notícias do Paraná
    Foto: Agência de Notícias do Paraná

    18/11/2015- Curitiba- PR, Brasil- A Copel arrematou nesta quarta-feira (18), em São Paulo, um lote de obras no Paraná do leilão de transmissão promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com investimentos previstos pela Aneel de R$ 589 milhões, as obras serão empreendidas pela Copel no Estado – com um trecho em Santa Catarina – e somam 230 km em três linhas de transmissão, além de 900 MVA (megavolt-ampère) de potência em três subestações. “É um investimento significativo para melhorar ainda mais o fornecimento de energia elétrica no Estado”, disse o governador Beto Richa. O lote arrematado pela Copel vai sustentar a expansão do sistema de transmissão na região entre os estados do Paraná e Santa Catarina, além de propiciar atendimento do crescimento da carga e para o escoamento da UHE Baixo Iguaçu. Em Curitiba será construída a linha de transmissão Uberaba-Centro, com 8 km, além da subestação Curitiba-Centro. A partir da subestação Curitiba Leste, em São José dos Pinhais, será construída uma linha de transmissão de 142 km até a subestação Blumenau, em Santa Catarina.

    Foto: Copel
    Foto: Copel

    18/11/2015- Curitiba- PR, Brasil- Em Medianeira será construída a subestação Medianeira. Na região de Capanema, será feira a linha de transmissão Baixo Iguaçu/Realeza, com 38 km, para escoamento da energia da nova Usina Baixo Iguaçu. Em Andirá será construída a subestação Andirá Leste. “O arremate dessas obras representa mais um passo decisivo na estratégia de expansão da Copel”, comemora o presidente da empresa, Luiz Fernando Leone Vianna Segundo ele, é especialmente gratificante conquistar o lote do leilão referente às obras que serão executadas no Paraná. “Além de contribuir para melhorar a qualidade do sistema elétrico no estado, as obras vão gerar empregos e receitas para novos investimentos”, disse. Com mais esse investimento, a Copel continua a expandir sua atuação, presente em dez estados do Brasil com empreendimentos de geração e transmissão de energia. Recentemente, a Companhia iniciou a operação comercial de mais um parque eólico no Rio Grande do Norte, totalizando 277,6 MW de capacidade instalada até o momento em parques eólicos no Nordeste.