Curitiba-PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (17/10) a Operação Hipster* visando prender responsáveis pela produção e distribuição de Ecstasy para vários estados do Brasil

Encontro de Fernando Haddad com as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo
17 de outubro de 2018
O Secretário de Estado dos EUA, Michael R. Pompeo, fala com a imprensa na Base Aérea King Salman, naa Arábia Saudita
17 de outubro de 2018
294
Compartilhe

Curitiba-PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (17/10) a Operação Hipster* visando prender responsáveis pela produção e distribuição de Ecstasy para vários estados do Brasil, desde Curitiba.
Vinte e cinco Policiais Federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão temporária, dentre os quais um estudante universitário.
A investigação teve início a partir de informações recebidas relativas à compra de uma prensa para a produção de drogas e diversas remessas postais contendo comprimidos de Ecstasy numa agência dos Correios em Curitiba. O DEA (órgão que combate as drogas nos Estados Unidos) deu apoio com informações.
Durante a investigação, num período de dois meses, foram identificados o envio de pelo menos 80 envelopes e grande movimentação de recursos financeiros na conta corrente do suspeito que ultrapassou os R$ 500 mil num período de 10 meses.
Os presos forma conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição da justiça e se condenados poderão ter penas superiores a 20 anos de prisão.
*Hipster – em alusão ao alvo da operação.

PF

PF

PF

EQUIPE