Curso capacita agentes penitenciários do Distrito Federal para lidar com rebeliões

Foto: Diogo Moreira/ GESP
Mais 1.190 soldados da PM passarão a atuar nas ruas de São Paulo
30 de abril de 2014
Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro
Treino da equipe do Atlético Mineiro
30 de abril de 2014
751
Compartilhe
Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Brasília- DF, 30/04/2014- Um grupo de 41 profissionais que atuam no Sistema Penitenciário de 11 estados e do Distrito Federal encerrou, nesta quarta-feira (30), as atividades do 5º Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário. A capacitação, que foi realizada durante 24 dias, em regime de internato, possibilita aos agentes maior controle durante crises envolvendo internos.

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Brasília- DF, 30/04/2014- De início, 55 servidores -11 deles do DF- participavam das instruções. No entanto, devido às exigências do curso e às provas aplicadas, 14 desistiram. Os que conseguiram êxito nesta formação receberam certificados e, a partir de hoje, voltam para seus locais de atuação.

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Brasília- DF, 30/04/2014- Ainda na capacitação, promovida pela DPOE –grupo de elite-, os profissionais tiveram acesso a conhecimentos básicos de segurança, puderam aprender técnicas não letais e de armamento e tiro, além do manuseio da Espingarda Calibre .12.

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Brasília- DF, 30/04/2014- De acordo com os instrutores, com as informações disponibilizadas no curso, os profissionais conseguem mais controle no ambiente prisional. É possível, por exemplo, que 15 servidores controlem 400 detentos em dois minutos e 30 segundos.

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF

Foto: Alfredo Veiga/ SSP-DF