Danilo Lewis vence esse ano, sua primeira corrida no Superbike Brasil, na categoria principal

Foto: Ricardo Duarte/ Internacional
Internacional derrota o Flamengo no Maracanã com gol de Ernando
18 de outubro de 2015
Fotomontagem
O Piloto de motovelocidade Joãozinho Sobreira “Treze” sofreu acidente fatal, neste domingo (18), no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia
18 de outubro de 2015
432
Compartilhe
Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

 

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

18/10/2015 – Goiânia – GO – Danilo Lewis vence esse ano, sua primeira corrida no Superbike Brasil, na categoria principal.

A temporada do maior campeonato de motovelocidade das Américas, SuperBike Brasil, teve disputa entre melhores pilotos do país em todas as categorias no dia 18 de outubro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), com treinos extras, livres e classificatórios, e a corrida para as categorias Copa Kawasaki Ninja 300, Copa Honda CBR 500R, Copa Kawasaki Ninja 600, SuperBike Light, SuperSport, SuperBike Pro + Pro Am e Honda Junior Cup. A temporada entra na reta final, faltam só mais duas etapas, e chegar em boa classificação agora era importante para todos que disputam título e posições no ranking.

O calor intenso foi um desafio a mais para os pilotos e suas equipes. Se fora da pista estava quase 40°, dentro, chegou a quase 60°! O público não arredou o pé. O autódromo de Goiânia é tradicional em corridas de quatro e duas rodas e a população, apaixonada por velocidade, compareceu e abrilhantou ainda mais o final de semana.

Em corrida emocionante, Lewis vence a SuperBike

Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, fez uma corrida brilhante e venceu a primeira bateria da 6ª etapa da SuperBike, disputada no final da manhã deste domingo (18), no Autódromo Internacional Ayrton Senna de Goiânia. Esta é a primeira vitória do piloto nesta temporada do SuperBike Brasil e também a primeira pilotando uma moto de 1.000 cilindradas no campeonato.

Lewis vinha entre os primeiros nos treinos livres e classificatórios, mas não participou da segunda parte da SuperPole e acabou largando apenas na 15ª posição. Mas isso não causou nenhum impeditivo para que ele rapidamente entrasse disputa pela liderança da corrida. Já na primeira volta, Lewis ganhou 12 posições e ocupou o terceiro lugar, logo atrás das duas motos Honda Mobil.

Toda a segunda metade da corrida foi marcada pelo procedimento de safety e os pilotos se prepararam para uma relargada. Faltando apenas quatro voltas e com a reabertura da pista liberada, Lewis ultrapassou rapidamente Maico Teixeira (#36), da Honda Mobil, logo no final da reta dos boxes e iniciou a perseguição contra o líder, Diego Faustino (#68), Honda Mobil. O líder do campeonato não suportou a pressão e na volta seguinte Lewis assumiu a ponta.

Esta configuração das três primeiras posições seguiu até a última volta. Faustino tentou recuperar a liderança e chegou a ultrapassar Lewis no início da curva do S, mas levou o troco do piloto da Tecfil logo em seguida. Os dois entraram praticamente colados na reta dos boxes e Lewis recebeu a bandeira quadriculada em primeiro, com uma vantagem ínfima de um décimo para Faustino, que ficou com a segunda posição.

Foto: Wellington Nunes/VGCOM

Foto: Wellington Nunes/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Juracy Rodrigues ‘Black’ (560), da Black Day Racing Team.

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Na foto o piloto Matheus de Oliveira Dias.

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Yoshinori Noda se consolida na liderança e vence a 2ª corrida da Ninja 300

Yoshinori Noda (#101), da equipe Tecfil Racing Team, novamente foi o mais rápido e venceu a segunda corrida da Copa Kawasaki Ninja 300, disputada na manhã deste domingo (18), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), válida pela 6ª etapa do campeonato.

O piloto, que já havia sido o mais rápido nos treinos e levado a melhor na primeira bateria – realizada no final da tarde de sábado (17) –, não encontrou dificuldades para manter a liderança durante toda a corrida e receber a bandeirada com quase cinco segundos de vantagem para os adversários. “Só quero agradecer a todos que torceram por mim. Foi um final de semana difícil. Andei sempre no meu limite a corrida toda. Mas graças a Deus deu tudo certo.”

Já a principal disputa desta etapa foi pela segunda posição. Um pelotão com quatro pilotos brigou até as últimas curvas da volta final para definir quem seria o vice-líder. Niko Ramos (#822), da equipe Duda Racing, venceu a disputa e ficou com a posição. “Foi uma corrida maravilhosa. O pessoal acelera muito forte, o segundo lugar foi fantástico. Dedico esta corrida a toda minha equipe, que conseguiu recuperar minha moto de ontem pra hoje. Cai e ela ficou destruída, usei uma moto emprestada na corrida de ontem e minha equipe foi sensacional em recuperar a tempo”, comentou Niko, que sobe mais posições no ranking e se distancia de seus adversários.

Um décimo atrás, Indiana Muñoz Gomes (#199), da Mobil Ituran Racing, recebeu a bandeirada em terceiro. A piloto fez uma corrida brilhante e ganhou muitas posições até ingressar no pelotão dos ponteiros. E inclusive, por um breve momento, chegou e ficar com a segunda posição. “Sofri um acidente em Santa Cruz e não corri. Aqui em Goiânia não estava muito bem no sábado, não fiz uma boa primeira corrida. Mas hoje me sentia ótima, fui pra cima e entrei no pelotão da frente. No final, um errinho meu, mas logo recuperei para cruzar em terceiro.”

O quarto colocado foi Rafael Rodrigues (#45), da Arthur Racing/Impacto, logo à frente de Bruno Cesar Borges (#51), da Gilberto Motos, na quinta posição. Bruno é o piloto que tem mais a lamentar na 6ª etapa do SuperBike Brasil. Ele garantiu a segunda posição na primeira bateria, e nesta, ficou a maior parte da corrida com a vice-liderança. Mas nas voltas finais, não conseguiu suportar a pressão do pelotão e acabou perdendo posições.

Na categoria Copa Kawasaki Ninja 300 Light, o vencedor foi Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team. A segunda posição ficou com Kaywan Freire (#36), da Kaka Fumaça/Wesley Testa, seguido por Derick Rene Litano Filipini (#227), da Mobil Ituran Racing, em terceiro, Ricardo Castilho (#71), da Tecfil Racing Team, em quarto, e Sarah Conessa de Moura (#5), da Team Alto Giro, em quinto.

 

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Diego Viveiros (#23), da equipe Tecfil Racing Team, venceu a 6ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 600, disputada na manhã deste domingo (18), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. O piloto não encontrou dificuldade alguma para disparar na liderança e receber bandeirada em primeiro. Viveiros fez uma corrida solitária. Logo após a largada, ampliou sua vantagem para os adversários volta após volta, e encerrou a corrida com uma ampla distância de 11 segundos para o segundo colocado. “Só tenho a agradecer a todos que sempre torcem por mim. Minha equipe, a Tecfil, que é fantástica, e deixa a minha moto sempre perfeita. É sempre muito bom correr em Goiânia. Apesar do calor quase insuportável, é uma das melhores pista, é show.”

Já o seu companheiro de equipe, Jefferson Ramos Valcézia (#99), ficou com a vice-liderança. O piloto fez uma largada ruim e perdeu algumas posições. Entretanto, na segunda volta já voltava a ocupar a segunda colocação. Mas Valcézia não teve uma corrida fácil. Olimpio Antonio Filho (#210) pressionou o piloto por grande parte da etapa e chegou a ameaçá-lo por diversas vezes. Foi somente nas voltas finais que Valcézia conseguiu ampliar a vantagem e bandeira quadriculada em segundo.

Olimpio Antonio Filho (#210) ficou com a terceira posição, logo à frente de Luis Ferraz (#13), da equipe Tecfil Racing Team. O quinto a cruzar a linha de chegada foi Edvaldo José Martinati (#113), da Duende e Senra Racing, que disputa categoria a Master. Já o quinto colocado da categoria Pro foi Douglas S. Tomé (#67), da BH Racing.

Pela categoria Copa Kawasaki Ninja 600 Master, Edvaldo José Martinati foi o vencedor e Marcelo Kitadai (#36), da Moto School Racing Team, o segundo colocado.

 

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Foto: Ricardo Santos/VGCOM

Em corrida repleta de ultrapassagens, Gabriel Favero vence na Junior Cup

Em uma prova extremamente disputada do início ao fim, Gabriel Favero (#271) obteve um excelente desempenho na pista e venceu a 6ª etapa da categoria-escola Honda Junior Cup, prova disputada no início da manhã deste domingo (18) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

Gabriel largou na segunda posição e já na primeira volta assumiu a ponta. Entretanto, a corrida em nenhum momento esteve definida. Seu irmão, Matheus Favero (#59), disputou a posição com ele durante praticamente todas as oito voltas. Os dois se revezaram na liderança e protagonizaram belas ultrapassagens. Humberto Turquinho (#12) se manteve junto a eles neste primeiro pelotão, foi uma briga boa dos três.

Os irmãos abriram a última volta quase que lado a lado na reta dos boxes. E a disputa seguiu até os metros finais. Gabriel conseguiu manter a posição a cruzar a linha de chegada à frente, com uma diferença mínima de 14 centésimos para Matheus, que ficou com a segunda posição. Eles cruzaram a linha de chegada praticamente juntos.

Foto: Marcos Carmona/VGCOM

Foto: Marcos Carmona/VGCOM