Depois das comunidades indígenas, começa a vacinação dos quilombolas no Pará

Primeiro Ministro Boris Johnson visita a B&Q Middlesbrough
1 de abril de 2021
Apresentação musical marca vacinação em unidade de saúde no Resgate  em Salvador
1 de abril de 2021
54
Compartilhe
São José do Patateua, em Irituia, na região do Capim, é a primeira comunidade quilombola do Estado do Pará a receber as vacinas contra a Covid-19. O governador Helder Barbalho esteve no local nesta quarta, 31, conferindo a aplicação dos imunizantes nos membros das 27 famílias moradoras da área, que resiste desde 1964.
De acordo com dados do Ministério da Saúde, a população quilombola paraense a ser vacinada é de 129.770. Irituia recebeu 3.149 mil doses, e com apoio de 12 profissionais da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) entre 500 e mil pessoas acima de 18 anos seriam vacinadas só hoje.