Dia da Culinária Paraense celebra reconhecimento da gastronomia do Estado

Michel Temer no programa de revitalização da indústria Mineral Brasileira
26 de julho de 2017
Aumento dos preços de combustíveis nos postos
26 de julho de 2017
614
Compartilhe

25.07.2017- BELÉM - PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene. FOTO: ARQUIVO ASCOM PARATUR

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: ARQUIVO ASCOM PARATUR

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: RODOLFO OLIVEIRA / AG. PARÁ

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: CRISTINO MARTINS / AG. PARÁ

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala (foto), Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: JOÃO ALVES

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: ANDERSON SILVA / AG. PARÁ

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- “Eu vejo esta data como um importante reconhecimento da gastronomia para o Pará, sua cultura e economia. O momento é de comemorar. Historicamente, 30, 40 anos atrás, a gastronomia não era vista como uma cadeia de valor e fator de desenvolvimento econômico. Hoje, inclusive, merece destaque no Plano Estratégico de Turismo do Estado (Plano Ver-o-Pará). Em qualquer mídia social que se observe, os posts da gastronomia paraense são os mais curtidos. Esse reconhecimento é resultado de todo um trabalho e luta de gerações, e que nos traz ainda maiores esperanças de um futuro com mais sucesso”, afirma a neta de Anna Maria e filha de Paulo, Joanna Martins (foto), hoje à frente do Instituto Paulo Martins.
FOTO: CLAUDIO SANTOS / AG. PARÁ

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- A originalidade e autenticidade da gastronomia paraense vêm ganhando o respeito e a admiração de profissionais da área no Brasil e no exterior. Nomes consagrados como Alex Atala, Morena Leite e Pascal Barbot são apenas alguns exemplos de chefs de cozinha que vieram buscar na culinária do Pará novos ingredientes e também a inspiração para incrementar suas criações e atender o exigente paladar dos clientes de seus restaurantes. O reconhecimento ao que hoje representa essa riqueza é celebrado neste 25 de julho, data escolhida como Dia da Culinária Paraense, pela Assembleia Legislativa do Pará, em projeto de lei do deputado Fernando Coimbra, aprovado por unanimidade na casa do parlamento estadual e sancionada em 07 de novembro do ano passado pelo governador Simão Jatene.
FOTO: CRISTINO MARTINS / AG. PARÁ

25.07.2017- BELÉM – PARÁ- Para o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes (foto), a gastronomia é elemento fundamental da cultura paraense e peça-chave na formatação de produtos e rotas turísticas pela Setur.
FOTO: CRISTINO MARTINS / AG. PARÁ