Dia da Inconfidência tem homenagem simbólica em Ouro Preto

Foguete SpaceX Falcon 9 com a nave Crew Dragon no Kennedy Space Center
21 de abril de 2021
Presidente da Rússia proferiu discurso à Assembléia Federal
21 de abril de 2021
72
Compartilhe
Pelo segundo ano consecutivo, o Dia da Inconfidência foi celebrado sem a presença de público, devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19. Em um ato simbólico realizado nesta quarta-feira (21/4), na Praça Tiradentes, em Ouro Preto, na região Central, a capital mineira foi transferida por um dia, simbolicamente, para a cidade histórica, em homenagem aos 233 anos da Inconfidência Mineira.
Mantendo as regras de distanciamento social e os cuidados sanitários necessários, a cerimônia foi preenchida pelo ritual costumeiro, mas, desta vez, solitário dos oficiais: um Dragão da Inconfidência ficou encarregado de conduzir a coroa de flores até o monumento de Tiradentes e um corneteiro da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros executou o tradicional toque de silêncio. Posteriormente, a Pira da Liberdade foi acesa na Praça Tiradentes, como marco dos ideais de civilidade e liberdade de Minas Gerais.
Para além dos atos oficiais, a cerimônia ainda contou com a leitura do poema “Romance XXXV ou do Suspiroso Alferes”, do livro Romanceiro da Inconfidência (1953), da escritora Cecília Meireles, que homenageia a luta dos inconfidentes mineiros.