Em Belém, Arraial de todos os Santos movimenta o Centur a partir de amanhã (17/06)

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão Especial de outorga do Título de Cidadã Baiana
16 de junho de 2016
Foto: Eduardo Saraiva/ A2IMG
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, inaugura ponte estaiada e mirante na cidade de Salto
16 de junho de 2016
866
Compartilhe
Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

16/06/2016- Belém- PA, Brasil- O Arraial de Todos os Santos começa nesta sexta-feira, dia 17 de junho, no Curro Velho e no Centur, com apresentação de quadrilhas juninas, mostra de grupos parafolclóricos, apresentações de crianças e jovens da Iniciação Artística, Cordões de Pássaros Juninos, mostra de resultados de oficinas, venda de comidas típicas e obras de artesanato. O evento será realizado no Centur e nas Oficinas Curro Velho.

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

16/06/2016- Belém- PA, Brasil- Entre as atrações estão os Cordões de Pássaros Juninos, uma das manifestações originárias da cultura paraense, com a reunião de várias linguagens, como a visualidade, a dramaturgia, a dança e a música. Os Cordões são considerados saberes sagrados e guardiões da herança cultural do Estado. Walter Figueiredo destaca a importância dessa tradição, “O Pássaro é uma mesclagem da nossa questão ambiental e social. É uma expressão de maior relevância, com a participação de pessoas da comunidade que criam uma forma de fazer teatro com a força de se preocupar com a questão ecológica”, pontua.

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

16/06/2016- Belém- PA, Brasil- De modo geral, os Cordões de Pássaros Juninos são estampas de referências culturais e universais, por conter referências europeias e mostrarem a cultura Amazônica. Walter Figueiredo avalia como positivo o espetáculo, “O jeito das pessoas serem gera todo um contexto, uma trajetória, uma perspectiva de um mundo diferente. É um grande espetáculo histórico de valor extremamente próprio da nossa cultura. É importante observar, conhecer e compreender essa matriz”, comenta o diretor.

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

Foto: Diogo Vianna/ Ascom FCP

16/06/2016- Belém- PA, Brasil- E na praça do Povo do Centur, o tão esperado Concurso Estadual de Quadrilhas chega a sua décima terceira edição, com mais de 100 agremiações inscritas, vindos da capital paraense e do interior do Estado. Haverá também o concurso de Quadrilha Mirim, que conta com 23 grupos na disputa. Até o dia 2 de julho, sempre a partir das 17h, nas praças do Povo e do Artista do Centur, haverá um grande arraial para toda a família, com música, quadrilhas, grupos folclóricos e vendas de comidas típicas.