Em Salvador Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres, a Operação Ronda Maria da Penha se uniu ao Mais Grafite, projeto da Secretaria de Justiça

O prefeito de São Paulo João Dória durante multirão na zona leste de São Paulo
26 de novembro de 2017
Ambulatório de Transgêneros do Hospital Jean Bitar, criado em outubro deste ano para atender pacientes
26 de novembro de 2017
864
Compartilhe

Salvador BA Brasil 25 11 2017-este sábado (25), Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres, a Operação Ronda Maria da Penha se uniu ao Mais Grafite, projeto da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), desenvolvido em escolas e espaços público como parte do programa Pacto Pela Vida. Mulheres com medidas protetivas participaram de ‘Oficina de Grafitti’, durante a manhã e tarde, e coloriram o muro da sede da instituição, no bairro de Periperi, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, a fim de chamar a atenção para a data e importância do tema.“A arte é um elemento de transformação. Essa mulher pega o que até então estava apagado, morto, e, através da arte colorir, faz renascer. Eu penso que é isso que hoje essas mulheres estão fazendo aqui. Transformando esses muros como elas transformaram as vidas delas, denunciando e sendo contra a violência”, declarou a comandante da Operação Ronda Maria da Penha, major Denice Santiago.Foto: Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA

Camila Souza/GOVBA