“Encantados” traz para a tela do cinema a magia do Marajó, no Pará

O presidente Donald J. Trump, reunido com membros do seu gabinete na Casa Branca em Washington, DC
21 de novembro de 2017
5º Encontro Estudantil – Ciência, Arte e Cultura, na Bahia
21 de novembro de 2017
849
Compartilhe
A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima, nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. Na foto (esq/dir), a pajé, Zeneida Lima, a mãe da atriz Dira Paes, Dona Flor (que representou a filha), o ator Angelo Antônio, a cineasta Tizuka Yamasaki e o diretor da Riofilme, Marco Aurélio Marcondes. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ

A Praça Independência de Soure, no Arquipélago do Marajó, ganhou uma decoração diferente no último sábado (18). Um grande cinema a céu aberto foi montado para a pré-estreia do filme “Encantados”, de Tizuka Yamasaki, que conta a história da pajé Zeneida Lima (foto), nascida e criada em Soure. A estreia do filme está prevista para dezembro, em Belém, e a exibição nos outros estados será a partir de 2018. Oitocentas cadeiras foram dispostas pela praça em frente a um grande telão, mas muitos moradores acabaram trazendo cadeiras de casa para acompanhar a projeção. Estima-se que 1.500 pessoas acompanharam os 78 minutos de produção, incluindo a pajé Zeneida Lima, que não conteve a emoção ao final do filme. “Eu sinto como se fosse um grito pela natureza. Tudo pelo que lutei a vida inteira. Para mim, significa a última fronteira entre a minha missão de cura como pajé e uma vida inteira de luta pela preservação da natureza através do conhecimento. A memória dos Caruanas e dos Pajés da Ilha de Marajó serão eternas agora, através do cinema”, declarou Zeneida Lima. FOTO: MARCELO LELIS / AG. PARÁ DATA: 17.11.2017 SOURE – PARÁ