Equipe da Sefa apreende mais de 480 mil maços de cigarro, no Pará

Bairro da Liberdade recebe Encontro Zumbi dos Palmares, na Bahia
30 de novembro de 2017
Mangal das Garças atrai mais de 200 mil visitantes em 2017, no Pará
30 de novembro de 2017
365
Compartilhe
Uma carreta com 482.500 maços de cigarros contrabandeados foi apreendida na madrugada desta quarta-feira (29), ao tentar entrar em território paraense. A apreensão foi feita por servidores da Carreira da Administração Tributária, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, em Dom Eliseu, na divisa com o Estado do Maranhão. A carga (foto) estava escondida em meio a tubos de PVC oriundos do Mato Grosso do Sul com destino a Belém, acompanhados de nota fiscal. A mercadoria foi localizada depois que a equipe de fiscalização inspecionou os documentos fiscais e pesou o caminhão, por desconfiar do peso da mercadoria. “Como havia indícios de irregularidade, por causa do excesso de peso, o veículo foi levado para o pátio da unidade fazendária e descarregado, quando foi localizado o cigarro”, informou o coordenador do Itinga, fiscal de receitas estaduais Eduardo Gonçalves. FOTO: ASCOM / SEFA DATA: 29.11.2017 DOM ELISEU – PARÁ

Uma carreta com 482.500 maços de cigarros contrabandeados foi apreendida na madrugada desta quarta-feira (29), ao tentar entrar em território paraense. A apreensão foi feita por servidores da Carreira da Administração Tributária, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, em Dom Eliseu, na divisa com o Estado do Maranhão. A carga (foto) estava escondida em meio a tubos de PVC oriundos do Mato Grosso do Sul com destino a Belém, acompanhados de nota fiscal. A mercadoria foi localizada depois que a equipe de fiscalização inspecionou os documentos fiscais e pesou o caminhão, por desconfiar do peso da mercadoria. “Como havia indícios de irregularidade, por causa do excesso de peso, o veículo foi levado para o pátio da unidade fazendária e descarregado, quando foi localizado o cigarro”, informou o coordenador do Itinga, fiscal de receitas estaduais Eduardo Gonçalves. FOTO: ASCOM / SEFA DATA: 29.11.2017 DOM ELISEU – PARÁ

Uma carreta com 482.500 maços de cigarros contrabandeados foi apreendida na madrugada desta quarta-feira (29), ao tentar entrar em território paraense. A apreensão foi feita por servidores da Carreira da Administração Tributária, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, em Dom Eliseu, na divisa com o Estado do Maranhão. A carga (foto) estava escondida em meio a tubos de PVC oriundos do Mato Grosso do Sul com destino a Belém, acompanhados de nota fiscal. A mercadoria foi localizada depois que a equipe de fiscalização inspecionou os documentos fiscais e pesou o caminhão, por desconfiar do peso da mercadoria. “Como havia indícios de irregularidade, por causa do excesso de peso, o veículo foi levado para o pátio da unidade fazendária e descarregado, quando foi localizado o cigarro”, informou o coordenador do Itinga, fiscal de receitas estaduais Eduardo Gonçalves. FOTO: ASCOM / SEFA DATA: 29.11.2017 DOM ELISEU – PARÁ

Uma carreta com 482.500 maços de cigarros contrabandeados foi apreendida na madrugada desta quarta-feira (29), ao tentar entrar em território paraense. A apreensão foi feita por servidores da Carreira da Administração Tributária, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, em Dom Eliseu, na divisa com o Estado do Maranhão. A carga (foto) estava escondida em meio a tubos de PVC oriundos do Mato Grosso do Sul com destino a Belém, acompanhados de nota fiscal. A mercadoria foi localizada depois que a equipe de fiscalização inspecionou os documentos fiscais e pesou o caminhão, por desconfiar do peso da mercadoria. “Como havia indícios de irregularidade, por causa do excesso de peso, o veículo foi levado para o pátio da unidade fazendária e descarregado, quando foi localizado o cigarro”, informou o coordenador do Itinga, fiscal de receitas estaduais Eduardo Gonçalves. FOTO: ASCOM / SEFA DATA: 29.11.2017 DOM ELISEU – PARÁ