Estado já transferiu 240 pacientes com Covid-19 na região oeste

Pará é o maior produtor de gado bubalino e está entre os cinco maiores de rebanho bovino do Brasil
2 de março de 2021
Comércio do DF funciona com restrições após decreto de Lockdown devido à pandemia do novo Coronavírus.
2 de março de 2021
68
Compartilhe

Todas as remoções foram realizadas exclusivamente pela Central de Regulação da Sespa

02/03/2021
Por Mozart Lira (SESPA)

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) já transferiu 240 pacientes com Covid-19 entre os dias 18 de janeiro e 1º de março, para conter o avanço da doença em 14 municípios da região Oeste, a mais afetada nesta segunda onda da pandemia. Desse total de remoções, 226 ocorreram por via aérea e 14 por via fluvial. Todas as transferências foram realizadas exclusivamente pela Central de Regulação da Sespa.

As remoções partiram de municípios do extremo Oeste, como Faro, Terra Santa, Oriximiná e Aveiro para o Hospital 9 de Abril na Providência de Deus, em Juruti, e para os hospitais públicos regionais do Baixo Amazonas, em Santarém, e do Tapajós, em Itaituba. Além das transferências, o Estado providenciou insumos, como 500 cilindros de oxigênio e 287.751 equipamentos de proteção individual (EPIs).

De forma simultânea às remoções, a Sespa mantém a articulação constante com as secretarias municipais de Saúde, orientando e auxiliando sobre como continuar agindo para conter a crise provocada pela segunda onda de contágio pelo novo coronavírus. As medidas tomadas e as transferências realizadas pelo governo estadual são estratégias para evitar um colapso no sistema de saúde dos municípios mais próximos ao estado do Amazonas.