Famílias vítimas de incêndio receberão Cheque Moradia

Artesanato baiano é destaque na maior feira do setor na América Latina
25 de julho de 2017
Novos etilômetros reforçam fiscalização de motoristas embriagados
25 de julho de 2017
469
Compartilhe

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro. FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM- PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM – PARÁ- “O primeiro passo é fazer esse levantamento de quantas casas foram incendiadas, quantas foram perda total e parcial, e orientar as famílias a reunir os documentos necessários para protocolar os processos para o Cheque Moradia”, explicou Cynthia Sabino (foto), da equipe social do Cheque Moradia.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM – PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM – PARÁ- Sidine Corrêa Viegas (foto), 32 anos, foi um dos moradores da área que teve a casa atingida pelo fogo. Só que o seu prejuízo foi em dobro, já que além de moradia, a residência servia como seu local de trabalho. “Investi tudo no meu estúdio de gravação e era disso que eu sobrevivia, além de tocar na noite, mas até meus instrumentos foram destruídos no incêndio. Não tenho ideia do valor investido aqui, perdi tudo”, declarou. No local, só da família dele, são mais de dez pessoas que se encontram na mesma situação.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM – PARÁ- Sidine Corrêa Viegas (foto), 32 anos, foi um dos moradores da área que teve a casa atingida pelo fogo. Só que o seu prejuízo foi em dobro, já que além de moradia, a residência servia como seu local de trabalho. “Investi tudo no meu estúdio de gravação e era disso que eu sobrevivia, além de tocar na noite, mas até meus instrumentos foram destruídos no incêndio. Não tenho ideia do valor investido aqui, perdi tudo”, declarou. No local, só da família dele, são mais de dez pessoas que se encontram na mesma situação.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ

24.07.2017- BELÉM – PARÁ- Técnicos da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) realizaram, na manhã desta segunda-feira (24), o levantamento das famílias que ficaram desabrigadas ou que tiveram perda parcial de suas casas após o incêndio ocorrido no sábado (22), na Passagem São Cristovão, ao lado da Igreja de Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, em Belém. As famílias se reuniram com representantes da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Defesa Civil e Cohab, que deram as primeiras orientações do processo para acesso aos benefícios como auxílio moradia, emissão de documentos básicos e viabilização do Cheque Moradia, necessário para reconstrução das casas destruídas no sinistro.
FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ