Fórum Cacau Bahia 2035 reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador

Monólogo teatral de Hilton Cobra celebra a obra de Lima Barreto, na Bahia
22 de novembro de 2017
OSBA apresenta edição beneficente do seu CINECONCERTO no dia 07/12
22 de novembro de 2017
540
Compartilhe
21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

21/11/2017- Bahia- Encontro reúne agentes da cadeia produtiva do cacau em Salvador, Agregar e proporcionar o diálogo entre todos os agentes da cadeia produtiva do cacau foi o principal objetivo do encontro Bahia Cacau 2035, realizado nesta terça-feira (21), no Hotel De Ville, em Salvador. O cultivo do fruto, que durante muito tempo teve a imagem ligada ao coronelismo, é reinventado e atravessa um novo ciclo histórico de sustentabilidade, inclusão social e turismo. Foto: Mateus Pereira/GOVBA