Furacão do tamanho da Terra mancha vermelha no planeta Jupiter

O Presidente Vizcarra do Peru entrega Pavilhão Nacional aos atletas que participarão dos Jogos Parapan-Americanos 2019
16 de agosto de 2019
Gianluca Petecof vai ao pódio em Nürburgring e sobe três posições no Alemão de Fórmula 4
17 de agosto de 2019
1881
Compartilhe

Esta nova visão do Telescópio Espacial Hubble de Júpiter, tirada em 27 de junho de 2019, revela a marca registrada do planeta gigante, Grande Mancha Vermelha, e uma paleta de cores mais intensa nas nuvens que rodam na turbulenta atmosfera de Júpiter do que nos anos anteriores. As cores e suas mudanças fornecem pistas importantes para os processos em andamento na atmosfera de Júpiter. A nova imagem foi tirada em luz visível como parte do programa LEGAL Outer Planets Atmospheres, ou OPAL. O programa fornece visões globais anuais do Hubble dos planetas externos para procurar por mudanças em suas tempestades, ventos e nuvens. A Wide Field Camera do Hubble 3 observou Júpiter quando o planeta estava a 400 milhões de milhas da Terra, quando Júpiter estava perto de “oposição” ou quase diretamente oposto ao Sol no céu.
Créditos: NASA, ESA, A. Simon (Centro de Vôo Espacial Goddard) e M.H. Wong (Universidade da Califórnia, Berkeley

NASA, ESA, A. Simon (Centro de Vôo Espacial Goddard) e M.H. Wong (Universidade da Califórnia, Berkeley

NASA, ESA, A. Simon (Centro de Vôo Espacial Goddard) e M.H. Wong (Universidade da Califórnia, Berkeley