Furacão Michel na Flórida

443
A tripulação de vôo do UH-60 Black Hawk conduziu um sobrevoo do pântano da Flórida após o furacão Michael, enquanto a tempestade deixava uma faixa de destruição em toda a área perto de Panama City, Flórida, em 11 de outubro. 2018. O voo teve origem na Estação Aérea Naval de Jacksonville, Flórida. Foto de Proteção Alfandegária e Fronteiriça dos EUA por Glenn Fawcett

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.

CBP AMO analisa os danos causados pelo furacão Michael Um Escritório de Controle de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e da Força Aérea dos Estados Unidos inspeciona os danos causados pelo furacão Michael sobre a praia do México, na Flórida. 11 de outubro de 2018. Foto de James E. Wyatt.