Galeria F dos presos políticos será espaço de memória da ditadura na Bahia

    36
    Foto: Chico Ribeiro/ GOVBA
    Foto: Chico Ribeiro/ GOVBA

    04/02/2015- Salvador- BA, Brasil- Atendendo a uma proposta da Comissão Estadual da Verdade – Bahia, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) vai transformar, ainda este ano, a famosa Galeria F, ala dos presos políticos, na Penitenciária Lemos Brito (PLB), em um espaço de memória da ditadura. A decisão foi anunciada pelo titular da Seap, Nestor Duarte Neto, nesta quarta-feira (04/02), após visita ao espaço no dia anterior, em companhia de dois integrantes da Comissão Estadual da Verdade (CEV), Carlos Navarro (coordenador) e Joviniano Neto, e do diretor da Penitenciária Lemos Brito, Everaldo Jesus de Carvalho.

    Foto: Chico Ribeiro/ GOVBA
    Foto: Chico Ribeiro/ GOVBA

    04/02/2015- Salvador- BA, Brasil- A Galeria F, situada no prédio-circular com um total de 119 celas, o primeiro da PLB, construído em 1950, encontra-se desativada. Por lá passaram 85 presos políticos, entre eles o jornalista e escritor Emiliano José, que ficou preso por quatro anos (1971-1974). Ele é autor de livros relatando o horror dos anos de chumbo naquela galeria. A historiadora Cláudia Trindade, que desenvolve um trabalho de pesquisa no Centro de Documentação da Penitenciária, já localizou diversos prontuários de presos políticos até hoje não registrados pela CEV e outras entidades.