Glaciares da Patagônia vistos desde a Estação Espacial Internacional – ISS

Rio de Janeiro – Técnicos e pesquisadores dão abraço coletivo para marcar um mês do incêndio no Museu Nacional, na Quinta da Boa vista, no Rio
2 de outubro de 2018
Homenagem da OAB aos 30 anos da Constituição da República
2 de outubro de 2018
243
Compartilhe

Como parte da experiência do “Furacão”, os cosmonautas estão assistindo ativamente aos glaciares da Patagônia da estação espacial internacional. Desde 2011, as imagens do derretimento dos glaciares estão sendo analisadas.

Nesta foto – o glaciar glaciar-Moreno é um objeto de muita atenção para os ambientalistas como exemplo do impacto do aquecimento global no clima do planeta. Este Planalto de gelo é o terceiro maior abastecimento de água doce do mundo. O Glaciar tem uma área de 250 km² a largura da língua língua-Moreno é de 5 KM, a altura média é de 60 m acima da superfície da água

Fotografia por cosmonauta roscosmos sergey prokopʹeva.

cosmonauta roscosmos sergey prokopʹeva.

ENTRE NO LINK E FAÇA A SUA DOAÇÃO https://fotospublicas.com/doar/