Hoje no Rio a Fiocruz inicia liberação do ‘Aedes aegypti do bem’

Padilha e Meirelles dão coletiva após reunião ministerial
29 de agosto de 2017
Dia Nacional de Combate ao Fumo
29 de agosto de 2017
843
Compartilhe

As ações do Estado de controle ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya têm alcançado significativos resultados. Apesar de estar localizado em uma região endêmica, quente, úmida e chuvosa, propícia para a disseminação do mosquito transmissor das doenças, o Pará é o quarto Estado brasileiro que mais combateu a dengue nos últimos seis anos, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na foto, o mosquito Aedes aegypti. FOTO: DIVULGAÇÃO DATA: 10.01.2017

As ações do Estado de controle ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya têm alcançado significativos resultados. Apesar de estar localizado em uma região endêmica, quente, úmida e chuvosa, propícia para a disseminação do mosquito transmissor das doenças, o Pará é o quarto Estado brasileiro que mais combateu a dengue nos últimos seis anos, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na foto, o mosquito Aedes aegypti.
FOTO: DIVULGAÇÃO
DATA: 10.01.2017

As ações do Estado de controle ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya têm alcançado significativos resultados. Apesar de estar localizado em uma região endêmica, quente, úmida e chuvosa, propícia para a disseminação do mosquito transmissor das doenças, o Pará é o quarto Estado brasileiro que mais combateu a dengue nos últimos seis anos, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na foto, o mosquito Aedes aegypti.
FOTO: DIVULGAÇÃO
DATA: 10.01.2017