Hubble faz a primeira medição precisa de distância para um antigo aglomerado globular de estrelas

Treino da Seleção Brasileira Feminina em La Serena.
4 de abril de 2018
Atlético x Ferroviário no Estádio Arena Independência pela Copa do Brasil 2018
4 de abril de 2018
487
Compartilhe

Astrônomos usando o Telescópio Espacial Hubble, da NASA, mediram com precisão pela primeira vez a distância de um dos objetos mais antigos do universo, uma coleção de estrelas nascidas logo após o Big Bang.

Este novo critério de distância refinado fornece uma estimativa independente para a idade do universo. A nova medição também ajudará os astrônomos a melhorar os modelos de evolução estelar. Aglomerados estelares são o ingrediente chave em modelos estelares porque as estrelas em cada agrupamento estão na mesma distância, têm a mesma idade e têm a mesma composição química. Eles constituem, portanto, uma única população estelar para estudar.

Esta antiga caixa de jóias estelar, um aglomerado globular chamado NGC 6397, brilha com a luz de centenas de milhares de estrelas. Créditos: NASA, ESA e T. Brown e S. Casertano (STScI); Confirmação: NASA, ESA e J. Anderson (STScI)