Hubble Spies Glittering Star Cluster na galáxia próxima

Fernando Haddad na Caminhada e Ato pela Democracia em Fortaleza, Ceará, na manhã deste sábado, 20, com o governador Camilo Santana, Guilherme Boulos e Gleisi Hoffmann
20 de outubro de 2018
Fernando Haddad participa de ato em Juazeiro do Norte na tarde deste sábado
20 de outubro de 2018
647
Compartilhe

Esta brilhante bola de estrelas é o aglomerado globular NGC 1898, que fica em direção ao centro da Grande Nuvem de Magalhães – um dos nossos vizinhos cósmicos mais próximos. A Grande Nuvem de Magalhães é uma galáxia anã que hospeda uma população extremamente rica de aglomerados de estrelas, tornando-a um laboratório ideal para investigar a formação de estrelas.

Descoberto em novembro de 1834 pelo astrônomo britânico John Herschel, o NGC 1898 foi examinado várias vezes pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA / ESA. Hoje sabemos que aglomerados globulares são alguns dos objetos mais antigos conhecidos no universo e que são relíquias das primeiras épocas de formação de galáxias. Embora já tenhamos uma boa imagem dos aglomerados globulares da Via Láctea – ainda com muitas perguntas não respondidas – nossos estudos sobre aglomerados globulares em galáxias anãs próximas começaram. As observações da NGC 1898 ajudarão a determinar se suas propriedades são similares àquelas encontradas na Via Láctea, ou se elas possuem características diferentes, devido a estarem em um ambiente cósmico diferente.

Esta imagem foi tirada pela Advanced Camera for Surveys (ACS) do Hubble e pela Wide Field Camera 3 (WFC3).

Crédito de imagem: ESA / Hubble e NASA
Texto: Agência Espacial Europeia (ESA)

Crédito de imagem: ESA / Hubble e NASA

CLIQUE AQUI E FAÇA A SUA DOAÇÃO https://fotospublicas.com/doar/