Hubble tira o retrato da ‘Galáxia perdida’

Prefeito de NYdurante coletiva  com o Dr. Dave A. Chokshi, comissário do Departamento de Saúde e Higiene Mental da cidade de Nova York.
25 de janeiro de 2021
Inauguração do Centro de Vacinação COVID-19 na Igreja St. John Baptist
25 de janeiro de 2021
71
Compartilhe

Hubble tira o retrato da ‘Galáxia perdida’
Localizada na constelação de Virgem (A Virgem), a cerca de 50 milhões de anos-luz da Terra, a galáxia NGC 4535 é realmente um espetáculo impressionante de se ver. Apesar da incrível qualidade desta imagem, tirada do telescópio espacial Hubble da NASA / ESA, a NGC 4535 tem uma aparência nebulosa, um tanto fantasmagórica, quando vista de um telescópio menor. Isso levou o astrônomo amador Leland S. Copeland a apelidar NGC 4535 de “Galáxia Perdida” na década de 1950.

As cores brilhantes nesta imagem não são apenas bonitas de se olhar, pois elas realmente nos falam sobre a população de estrelas dentro desta galáxia espiral barrada. As cores azuis brilhantes, vistas aninhadas entre os longos braços espirais da NGC 4535, indicam a presença de um maior número de estrelas mais jovens e mais quentes. Em contraste, os tons mais amarelos da protuberância desta galáxia sugerem que esta área central é o lar de estrelas que são mais velhas e frias.

Esta galáxia foi estudada como parte da pesquisa Física em Alta Resolução Angular em Galáxias Próximas (PHANGS), que visa esclarecer muitas das ligações entre nuvens de gás frio, formação de estrelas e a forma geral e outras propriedades das galáxias. Em 11 de janeiro de 2021, o primeiro lançamento da Coleção PHANGS-HST foi disponibilizado ao público.

Crédito da imagem: ESA / Hubble & NASA, J. Lee e a equipe PHANGS-HST