Ibama apreende 2 mil metros de rede e meia tonelada de pescado durante o defeso no Rio Xingu (PA)

Gremio comemora o titulo da Recopa 2018
22 de fevereiro de 2018
Desfile do funeral do rei Danjong
22 de fevereiro de 2018
325
Compartilhe

Operação de fiscalização do período de defeso no Rio Xingu (PA) realizada pelo Ibama em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente de Altamira (Semat) resultou na apreensão de pelo menos 2 mil metros de rede e cerca de meia tonelada de pescado no reservatório da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Os peixes, recolhidos pelos agentes ambientais nas localidades de Poção, Bacabal, Paratizão e Furo Seco, foram doados a instituições beneficentes.

Além de capturar peixes no período reprodutivo, pescadores realizavam atividades sem licença, com equipamentos cujo uso não é permitido durante o defeso. Espécies como pacu, aracu e matrichã, que estão com a pesca proibida, foram apreendidas com os infratores. Também foram recolhidos peixes da espécie surubim abaixo do tamanho permitido.

“A situação identificada se torna ainda mais grave por se tratar de pesca com fins comerciais e não de subsistência durante o defeso”, diz o chefe da Unidade Técnica do Ibama em Altamira (PA) e coordenador da operação, Roberto Abreu.

O monitoramento das atividades de pesca no Rio Xingu será mantido até o fim do defeso.

IBAMA