Índice de adultos que fumam nos Estados Unidos cai para mínimo histórico

Foto: Presidência da Argentina
A Presidente da Argentina Cristina Kirchner, reaparece após dias de internação
26 de novembro de 2014
Foto: Sérgio Mourão/Setes
Ouro Preto recebe o 10º Encontro de Hotelaria e Gastronomia Mineira
26 de novembro de 2014
435
Compartilhe
Foto: USP Imagens

Foto: USP Imagens

26/11/2014 – EUA – A proporção de adultos que fumam na população dos Estados Unidos caiu para 17,8% em 2013, o valor mais baixo desde o início da estatística em 1965, anunciou nessa terça-feira (25) o Centro de Controle e Prevenção de Doenças. O número de fumantes passou de 45,1 milhões em 2005, quando 20,9% dos adultos fumavam no país, para 42,1 milhões em 2013, apesar do aumento da população no período. Apesar desses progressos, o tabagismo permanece elevado em alguns grupos, principalmente entre os que vivem abaixo do limite de pobreza, os que têm os níveis de educação mais baixos, os ameríndios, os homens e as pessoas que vivem no Sul ou no centro do país, bem como entre os portadores de deficiência. O tabagismo é a principal causa evitável de doenças e mortes nos EUA, causando mais de 480 mil casos por ano.

Foto: USP Imagens

Foto: USP Imagens