Ingresso para Cristo Redentor sobe 24% neste sábado e vai custar R$ 62

Foto: Presidência da Argentina
A Presidente Cristina Kirchner durante reunião com Núncio Apostólico, em Buenos Aires
28 de novembro de 2014
Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado
Sessão não deliberativa no plenário do Senado Federal
28 de novembro de 2014
523
Compartilhe
Foto: Pedro Kirilos/ Riotur

Foto: Pedro Kirilos/ Riotur

28/11/2014 – Rio de Janeiro – RJ, Brasil -Chegar aos pés do Cristo Redentor pelo trem do Corcovado, no Rio de Janeiro, vai ficar 24% mais caro a partir deste sábado (29). Por decisão do ICM-Bio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), autarquia federal que administra o Parque Nacional da Tijuca, onde fica o ponto turístico, o valor do ingresso para subir o morro pela centenária estrada de ferro vai aumentar de R$ 50 para R$ 62. O novo preço vale durante a chamada alta temporada, que inclui sábados, domingos e feriados em todo o ano. Durante a baixa temporada, o preço do ingresso será de R$ 51. O anúncio do aumento da tarifa, feito na semana passada, revoltou representantes de agências de viagens da cidade, que criticaram a falta de negociação sobre o preço por parte do ICM-Bio e preveem um prejuízo milionário por conta de milhares de pacotes turísticos fechados antes do reajuste. “Eles podem estragar todo o nosso trabalho”, declara o presidente da Abav-Rio (Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio de Janeiro), George Irmes.

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Foto: Pedro Kirilos/ Riotur

Foto: Pedro Kirilos/ Riotur

Foto: Ricardo Zerrenner/ Riotur

Foto: Ricardo Zerrenner/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur

Foto: Fernando Maia/ Riotur