Iniciou nesta segunda-feira (5/5) um esquema de reforço segurança no Rio de Janeiro

Polícias Civil e Militar do Pará, flagram crime ambiental em Almeirim
5 de maio de 2014
Foto: Jen Zoon/Smithsonian's National Zoo (05/05/2014)
Filhote de urso, de quatro meses, brinca ao ar livre pela primeira vez, no Smithsonian’s National Zoo, em Washington, EUA
6 de maio de 2014
402
Compartilhe
Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Rio de Janeiro – RJ, 06/05/2014 – A Secretaria de Segurança iniciou nesta segunda-feira (5/5) um esquema de reforço especial para reduzir os índices de criminalidade, prevenindo delitos e prendendo suspeitos. Os 2.076 policiais militares vão receber remuneração por meio do RAS (Regime Adicional de Serviços). Também serão recrutados policiais dos setores administrativos.

Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Foto: Marcelo Horn/ GERJ

Rio de Janeiro – RJ, 06/05/2014 – O Comando-Geral da Polícia Militar determinou um limite para o emprego do RAS de, no máximo, 50% do efetivo de cada unidade. A medida vai permitir que o policial tenha mais de uma folga por semana. Profissionais de Segurança que trabalham nestas áreas passam a cumprir expediente nas ruas, em caráter emergencial. Apenas o Quartel General da PM, no centro do Rio, vai ceder diariamente 80 policiais. O esquema de policiamento ainda prevê mais 100 viaturas em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Foto: Clarice Castro/ GERJ

Foto: Clarice Castro/ GERJ

Rio de Janeiro – RJ, 06/05/2014 – O objetivo é policiar áreas de maior movimentação nas cidades fluminenses. Com a formatura de mais 490 policiais, na sexta-feira (9/5), o reforço será aumentado, com o emprego desse efetivo no patrulhamento de rua inicialmente.