Interpol prende em São Paulo dois homens que estavam na lista vermelha de procurados

SUPERLIGA FEMININA 17/18: Dentil/Praia Clube supera Vôlei Nestlé e segue invicto
25 de novembro de 2017
Mauricio Macri adivertiu : Não temos que aventurarmos a buscar culpados precisamos informações completa do que ocorreu com o submarino desaparecido.
25 de novembro de 2017
334
Compartilhe

PF prende 2 paraguaios condenados por sequestro e homicídio São Paulo/SP – A Interpol São Paulo prendeu dois homens paraguaios procurados pela justiça de seu país pelos crimes de sequestro, homicídio doloso e associação criminosa. Seus nomes estavam na lista de vermelha da Interpol. Foto Policia Federal

PF prende 2 paraguaios condenados por sequestro e homicídio

São Paulo/SP – A Interpol São Paulo prendeu na manhã de hoje (24) dois homens
paraguaios procurados pela justiça de seu país pelos crimes de sequestro, homicídio
doloso e associação criminosa. Seus nomes estavam na lista de vermelha da
Interpol.
L.G.B., 40 anos, considerado fugitivo, era procurado pela justiça paraguaia para
responder a processo penal em razão dos crimes de tentativa de homicídio doloso,
lesão grave, privação de liberdade, sequestro, tomada de reféns, furto, roubo,
produção de perigo comum e associação criminosa.
Já O.L.B., 43 anos, também considerado fugitivo, era procurado por sequestro,
homicídio doloso e associação criminal. rua
De acordo com autoridades paraguaias, os procurados são processados por terem
participado, em outubro de 2009, juntamente com outras pessoas, de sequestro
quando interceptaram uma caminhonete na qual se encontravam três pessoas. Eles
portavam armas de grosso calibre e se diziam guerrilheiros, usando insígnias com as
inscrições EPP.
Na manhã de hoje, policiais federais que representam a Interpol prenderam ambos
em Itaquaquecetuba/SP. Eles utilizavam nomes falsos no Brasil e trabalhavam com
confecção de roupas.
Contra eles foram expedidos mandados de prisão preventiva pra fins de extradição,
pelo Supremo Tribunal Federal. Os estrangeiros foram encaminhados à Custódia da
Polícia Federal em São Paulo, onde permanecerão à disposição da Justiça, durante o
processo de extradição.

Setor de Comunicação Social
Tel. (11)3538-5013
cs.srsp@dpf.gov.br

Foto Polícia Federal

Foto Polícia Federal